A adoração evangélica ao falso deus da política

10
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

[Lee esto en Español]

Milhões de cristãos “evangélicos” foram doutrinados na ideia de que devem adorar políticos e burocratas israelenses. Isso porque eles são ensinados por pregadores como John Hagee que a Bíblia diz que Deus abençoará aqueles que abençoarem a nação de Abraão. O absurdo disso tudo é que religiosos pop como Hagee confundem falsamente o Israel da Bíblia com os políticos e burocratas de hoje do governo de setenta e seis anos do país de Israel. Os dois não têm nada a ver um com o outro. Os políticos de Israel podem ser tão desonestos, imorais, corruptos, criminosos e assassinos quanto qualquer político em qualquer lugar. Daí o espetáculo de cristãos evangélicos aplaudindo o assassinato de cristãos em Gaza pelos militares israelenses (e do assassinato de ainda mais cristãos da Rússia ao apoiar a Ucrânia em sua guerra com a Rússia).

O que exatamente os cristãos evangélicos estão adorando quando adoram tão servilmente o governo de Israel? Eles não estão adorando a Deus ou à piedade – muito pelo contrário. Eles estão adorando o tipo de pessoas descritas por George Washington em seu discurso de despedida como “homens astutos, ambiciosos e sem princípios”. Políticos comuns, em outras palavras.

Quando políticos de qualquer país usam os poderes coercitivos do Estado para confiscar os bens de uma pessoa, dar parte desses bens a apoiadores e guardar alguns para si, eles estão se envolvendo em roubo. Chamar isso de “democracia”, “governo da maioria” ou “a única democracia no Oriente Médio” não o torna menos pecaminoso.

Para serem eleitos, todos os políticos em todos os lugares devem prometer roubar dinheiro daqueles que o ganharam e dá-lo a outros (e a si mesmos) que não têm direito moral a este dinheiro. Chamar isso de “tributação progressiva” não o torna menos pecaminoso.

Todos os políticos fazem promessas de destinar os bens roubados de outras pessoas aos seus apoiadores, a maioria das quais sabem que não podem cumprir. Mentem, em outras palavras. Como Murray Rothbard escreveu certa vez, um bom político é um mentiroso magistral, conivente e manipulador. É por isso que tão poucas pessoas morais são eleitas para cargos políticos. E se o são, geralmente são rapidamente derrotadas por duras críticas e condenações, ou ignoradas e marginalizadas.

Quando F. A. Hayek intitulou um dos capítulos de O Caminho da Servidão POR QUE OS PIORES CHEGAM AO PODER“, ele estava se referindo a sociedades socialistas totalitárias, mas a mesma coisa é verdade para qualquer democracia em qualquer lugar. Basta olhar para a atual composição da “liderança” da Câmara e do Senado do seu país.

Em grande medida, os políticos tornam-se políticos porque podem enriquecer solicitando e recebendo subornos. O falecido Yuri Maltsev, que desertou da União Soviética para os Estados Unidos depois de trabalhar para Mikhail Gorbachev, comentou certa vez sobre como o governo dos EUA era semelhante ao governo soviético porque, em suas palavras, “governo se resume a receber subornos”.

É uma prática comum dos políticos de Washington propor impostos ou regulamentos onerosos sobre uma indústria, depois sentar e coletar milhões de dólares em subornos, eufemisticamente chamados de “doações de campanha”, e então, uma vez que saques suficientes sejam coletados, cancelar a coisa toda. Eles chamam essas leis de “projetos de lei geradores de riqueza” porque geram riqueza para eles em forma de “doações de campanha”. O jurista Fred McChesney chegou a escrever um livro inteiro da Harvard University Press sobre esse fenômeno, intitulado Money for Nothing.

Todos os políticos em todos os lugares, incluindo Israel, são vitrines dos Sete Pecados Capitais. O orgulho próprio supera a humildade para começar. Qual parlamentar não é egomaníaco? A inveja envenena o coração de todos os defensores de esquemas de “redistribuição de renda”, a pedra angular do assistencialismo em todos os lugares.

A ira é o que se experimenta sempre que se opõe ao Estado. Pergunte a todos os médicos que tiveram suas licenças médicas canceladas após questionarem as “vacinas” contra a covid. Até Tucker Carlson foi difamado como um “ativo russo” por se opor ao financiamento americano da Ucrânia em sua guerra com a Rússia.

A preguiça sempre foi associada à burocracia do governo. Ninguém gosta de ser chamado de “burocrata”. Depois, claro, há ganância. A ganância por poder e dinheiro anima capitais nacionais e estaduais em todos os lugares. Nenhuma instituição em lugar algum é mais gananciosa por dinheiro do que os sindicatos de funcionários públicos, por exemplo, ou os milhares de outros “grupos de interesses especiais” que planejam incessantemente roubar o erário.

A gula também está em exibição em todos os lugares, com os estilos de vida ostensivos e a riqueza conspícua das classes dominantes. Os políticos também estão familiarizados com o pecado da luxúria, especialmente a sede de poder sobre os outros, apelidada pelo juiz Andrew Napolitano de “libido dominande” ou “luxúria de dominar”.

Tudo isso, cristãos evangélicos, é o que vocês têm sido levados a “adorar” pela “liderança” de sua igreja quando eles dizem que você deve adorar os políticos de Israel se quiser ir para o Céu. Que pecado.

 

 

 

Artigo original aqui

10 COMENTÁRIOS

  1. Apocalipse 2:9 – Eu conheço a tua angústia e a tua pobreza – ainda que sejas rico – e também as difamações daqueles que se dizem judeus e não o são; são apenas uma sinagoga de Satanás.

    Apocalipse, 3: 9 – Eu te entrego adeptos da sinagoga de Satanás, desses que se dizem judeus, e não o são, mas mentem. Eis que os farei vir prostrar-se aos teus pés e reconhecerão que eu te amo.

    • Aqueles judeus que mataram o Senhor Jesus, que nos perseguiram, que não são do agrado de Deus, que são inimigos de todos os homens. (1 Tessalonicenses 2,15)

  2. O único deus que sobrou para todos os religiosos de instituições de crentes é o dinheiro e a riqueza a qualquer custo. Na prática são clubes religiosos que usarão qualquer motivo para suprimir de uma minoria ignorante e ingênua a maior quantidade de recursos possível, instrumentalizando narrativas políticas nesse caminho a custa de muita grana. A CIA financiou e financia muitos desses templos religiosos que surgem do nada em países subdesenvolvidos. Em troca, essas empresas evangélicas e suas franquias repercutem o discurso de que Israel é um país divino e os EUA são os defensores da liberdade. Inclusive contribuem muito para o turismo de religiosos àquele país gerando bilhões.

  3. O protestantismo e suas seitas estão para a Igreja católica assim como o vagabundos liberais estão para os austro-libertários. Enquanto os protestantes falam em Deus mas na verdade adoram o demônio, os liberais falam em liberdade mas adoram o estado. De forma que ambas as heresias afastam o indivíduo da verdadeira salvação e do verdadeira causa dos problemas que temos neste mundo.

  4. o judaísmo de hoje não tem nada a ver com a bíblia. o que as pessoas chamam de judaísmo na verdade é Talmude.

    comunismo, socialismo, liberalismo, feminismo, ide de gênero, etc, foram criado pelos judeus.

    • Esse antissemitismo é deletério, os israelenses querem paz igual os palestinos, as lideranças de ambos os lados querem a guerra, pois sobrevivem como líderes fomentando a guerra, cuidado com as palavras Thomas, pois uma coisa é criticar os líderes israelenses outra coisa é satanizar um povo inteiro, o antissemitismo é pecado igual o racismo.Viva o povo judeu e viva o povo palestino.

      • Ex-ministra de Israel explica truque usado pelo país para se defender
        —————————————-
        Ministra de três pastas diferentes, Shulamit Aloni conhece o governo de Israel por dentro e mostra o truque que o país usa para se defender de qualquer acusação

        A política, escritora, educadora israelense Shulamit Aloni nunca deixou de defender suas ideias nem de dizer o que pensava.

        Lutadora em Israel pela separação entre religião e estado, defensora de uma Constituição civil, dos direitos dos homossexuais, Shulamit Aloni foi ministra da Educação e da Cultura no governo de Yitzhak Rabin, da Ciência e Tecnologia e ministra das Artes.

        Nesta entrevista de 2002, ela explica estratégia que Israel usa para se defender de qualquer acusação, como agora a de genocídio contra os palestinos: “Acuse os acusadores de antissemitismo”.

        https://www.youtube.com/watch?v=hi4oLUVKjIY

      • “O anti-semitismo é um truque que sempre usamos”
        ——————————
        Ex-Ministra de Israel confirma o que todos já sabem. Para fins de registro apresentamos novamente sua declaração, onde ela confirma que acusações de “antissemitismo” são um truque contra críticas ao governo israelense.
        Moderadora Amy Goodman: Frequentemente, quando nos EUA dissidentes se expressam contra a política de Israel, as pessoas são rotuladas de antissemitas, o que você diz disso como uma judia israelense?
        Shulamit Aloni: Bem, é um truque que nós sempre utilizamos. Se alguém da Europa critica a política israelense, nós utilizamos o Holocausto; quando alguém deste país (EUA) critica Israel, então nós a rotulamos de antissemita. Nossa organização é poderosa e dispõe de muito dinheiro e a conexão entre Israel e os judeus norte-americanos é poderosa, e eles (os judeus norte-americanos) são muito fortes neste país (EUA). Como você sabe, eles têm um grande poder, o que é legítimo, são pessoas capacitadas, eles têm poder, dinheiro, a mídia e outras coisas e sua posição é: Israel, meu país, indiferente se certo ou errado (my country right or wrong). Eles não permitem críticas, e é muito fácil rotular as pessoas, que são contra a política de Israel, como antissemitas, e ressuscitar o Holocausto e o sofrimento do povo judeu, e com isso nós justificamos tudo que fazemos contra o povo palestino.
        ———————————–
        https://www.youtube.com/watch?v=hi4oLUVKjIY

  5. Não é com violência e usando foguetes contra Israel que o Hamas irá provar que Israel é o vilão nesta história.

    • Israel é o vilão, sempre foi e sempre será. Só cego, fanático religioso e puxa-saco de sionistas não consegue ver isso e jamais conseguirão, devido as suas limitações intelectuais e cognitivas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui