A grande depressão americana

0
Tempo estimado de leitura: < 1 minute

Agradecimentos

Se o problema de 1929 há muito tempo interessa a mim e também à maior parte dos americanos, minha atenção começou a voltar-se especificamente para um estudo da Grande Depressão quando o senhor Leonard E. Read, presidente da Foundation for Economic Education [Fundação para o Ensino de Economia] pediu-me, alguns anos atrás, que preparasse um breve trabalho sobre o assunto. Assim, sou muito grato ao senhor Read por ter sido a vela de ignição do presente livro. Após escrever o artigo, deixei o assunto dormir por muitos anos, em meio a outros trabalhos mais urgentes. Àquela altura, diante do caloroso incentivo do senhor Richard C. Cornuelle, hoje na Foundation for Voluntary Welfare [Fundação para o Bem-Estar Voluntário], dei início à tarefa de expansão que resultou na presente obra, expansão essa tão ampla que poucos vestígios restaram do rascunho original. Tenho uma dívida particular com a Earhart Foundation, pois sem sua ajuda este estudo jamais teria sido redigido.Minha dívida suprema é com o professor Ludwig von Mises, cuja teoria monumental dos ciclos econômicos usei para explicar as causas da depressão de 1929, que de outro modo permaneceria misteriosa. De todas as notáveis contribuições do professor Mises à ciência econômica, sua teoria dos ciclos econômicos é certamente uma das mais significativas. Não é exagero dizer que qualquer estudo dos ciclos econômicos que não se baseie em sua fundamentação teórica está fadado a ser um empreitada infrutífera.

Obviamente, a responsabilidade por esta obra é inteiramente minha.