A loucura das máscaras: dádiva para os antifas e outros marginais

1
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Os jovens foram às ruas de diversas cidades do mundo em protesto contra o horrível assassinato policial de George Floyd, e eles estão incendiando, queimando empresas, igrejas, saqueando lojas, quebrando vidros, jogando coquetéis molotov e combatendo a polícia.

E estão fazendo isso com a ajuda e assistência de revestimentos faciais obrigatórios, recomendados ou aceitáveis.

O uso generalizado de máscara facial é a melhor coisa que um saqueador poderia querer.

Graças à crise do coronavírus: todo criminoso, candidato a criminoso, ajudante e cúmplice de um criminoso pode realizar seu ato criminoso em plena luz do dia, abertamente, em total desrespeito a lei e a ordem, enquanto disfarça a identidade.

Oh, que época áurea o COVID-19 e a resposta aleatória, não científica, motivada politicamente e politicamente questionável ao vírus gerou para os Antifa e outros tipos de marginais. A maioria das cidades, municípios e comunidades possui disposições locais de segurança que tornam ilegal o uso de coberturas faciais e capuzes com a intenção de disfarçar – e se não forem proibidos por leis, os locais pelo menos franzem a testa para os revestimentos faciais, tornando-o estranho e suspeito de vê-los usados ​​em público.

Mas e agora?

Agora “cobrir o seu rosto” tornou-se política nacional.

Coberturas faciais dificilmente são estranhas.

Eles certamente não levantam suspeitas.

Não é estranho ou suspeito ver jovens rondando as ruas, de óculos escuros, pano preto cobrindo do nariz ao peito.

Que dádiva esse frenesi da máscara facial está se mostrando para os atos criminosos.

“Os saques em Chicago continuam no Wicker Park, após protestos contínuos”, informou a ABC7 Chicago.

“Os protestos de George Floyd se espalharam por todo o país”, escreveu a CNN.

“Alguns danos à propriedade em Wilson, depois de quase 200 se reunirem para protestos”, informou a WRAL-TV na Carolina do Norte.

“O segundo dia de protestos em Atlanta termina com depredações à propriedades, 157 prisões”, escreveu AJC.com.

A polícia diz que esses manifestantes e saqueadores pagarão por seus crimes. E alguns vão. Alguns serão presos. Alguns foram presos.

Mas certamente nem todos pagarão.

Muitos, se não a maioria, vão sair impunes, rindo por traz de suas máscaras faciais, confiantes de que as câmeras locais e os habitantes da região não conseguem identificá-los.

E pense: se essas máscaras se tornarem parte do “novo normal” – os crimes anônimos também se tornarão o novo normal.

As máscaras faciais não são apenas um obstáculo e um ato de virtude da suposta preocupação do COVID-19 pelos outros. Eles são cobertura para criminosos.

Elas são o novo melhor amigo de um criminoso.

 

Artigo original aqui.

1 COMENTÁRIO

  1. Nunca gostei de máscaras …nesse momento me sinto profundamente triste ao sair na rua e ver todos com máscaras…
    Não uso e jamais vou cobrir meu rosto!!!!! Não vejo a hora que sejam desmascarados todos que inventaram a mentira sobre o uso das máscaras……