A loucura dos lockdowns: um guia para pessoas que pensam

0
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Para as pessoas atentas, existem muitos fatos que contam a história verdadeira, que é algo assim:

Sabendo o que sabemos hoje sobre a Taxa de Fatalidade por Infecção do COVID-19, impacto assimétrico por idade e condição médica, não transmissibilidade por pessoas assintomáticas e em ambientes externos, taxa de mortalidade quase zero para crianças e entendimento básico de vírus pela lei de Farr, trancar a sociedade era uma decisão política tão devastadora para que os historiadores podem julgá-la como a pior decisão de todos os tempos. Pior ainda, quando esses fatos claros se tornaram disponíveis, muitos formuladores de políticas não mudaram de posição, apesar do fato de que a cada hora, em qualquer estágio do lockdown, há um efeito dominó de devastação para a sociedade. Enquanto isso, a mídia – com algumas exceções notáveis ​​– fica estranhamente silenciosa com todas as boas notícias. Felizmente, um inesperado grupo de heróis em todo o cenário político – muitos deles médicos e cientistas – surgiram para dizer a verdade, apesar de enfrentar críticas e censuras extremas de uma multidão enfurecida, desesperada por continuar lutando uma guerra imaginária.

Meu objetivo é tratar de fatos conhecidos. Você, leitor, pode decidir se todos esses fatos, quando reunidos, equivalem à história acima.

Fato 1: A taxa de mortalidade por infecção do COVID-19 está entre 0,07-0,20%, no nível da gripe sazonal

Fato 2: O risco de morte por COVID-19 é muito maior que a taxa média de mortalidade por infecção para pessoas mais velhas e com comorbidades e muito menor que a taxa média de mortalidade por infecção para pessoas saudáveis ​​mais jovens e próximo de zero para crianças

Fato 3: As pessoas infectadas com COVID-19 que são assintomáticas (que são a maioria das pessoas) NÃO espalham COVID-19

Fato 4: Novos dados científicos não mostram disseminação do COVID-19 pela comunidade (lojas, restaurantes, barbeiros, etc.)

Fato 5: a ciência publicada mostra que o COVID-19 NÃO é espalhado ao ar livre

Fato 6: a ciência mostra que as máscaras são ineficazes para impedir a disseminação do COVID-19, e a OMS recomenda que elas só sejam usadas ​​por pessoas saudáveis ​​se tratar ou viver com alguém infectado pelo COVID-19

Fato 7: Não há ciência para apoiar a mágica de uma distância de um metro e meio

Fato 8: A ideia de fechar uma sociedade inteira nunca havia sido colocada em prática e não há ciência para suporta-la, apenas modelagem teórica

Fato 9: Os modelos epidêmicos do COVID-19 estão desastrosamente errados, e as pessoas e a prática da modelagem têm uma história terrível

Fato 10: Os dados mostram que as quarentenas NÃO tiveram impacto no curso da doença

Fato 11: a Flórida trancou tarde, abriu cedo e está indo bem, apesar das previsões de destruição

Fato 12: a taxa de mortalidade acima da média em Nova York parece ser motivada por um erro fatal da política combinado com entubações agressivas

Fato 13: Funcionários da saúde pública e epidemiologistas de doenças NÃO consideram as outras consequências sociais negativas das quarentenas

Fato 14: Existe um modelo preditivo para a curva viral do COVID-19, chamado Lei de Farr, e foi descoberto há mais de 100 anos

Fato 15: As quarentenas/lockdowns causarão mais mortes e destruição do que o COVID-19

Fato 16: todas essas reaberturas em fases são absurdas, sem nenhuma ciência para apoiá-las, mas todas serão declaradas um sucesso

 

Veja a explicação detalhada de cada fato aqui.

 

Veja também Verdades (e mentiras) sobre o coronavírus