Cidadãos forçados a respirar os gases fatais das mudanças climáticas

1
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Você deve se lembrar que em 2009 a Agência de Proteção Ambiental (EPA) relatou que o dióxido de carbono (CO2) era um poluente que estava contribuindo para as mudanças climáticas provocadas pelo homem. Um artigo do Wall Street Journal de 23 de fevereiro de 2009 dizia em parte:

… O czar climático do presidente Barack Obama disse que a Agência de Proteção Ambiental determinará em breve que as emissões de dióxido de carbono representam um perigo para o público …

É claro que os humanos exalam o CO2 como parte natural do processo respiratório. As pessoas precisam de um fluxo constante de ar fresco para o funcionamento adequado do cérebro e para o sistema imunológico operar de maneira ideal.

Mas agora estamos testemunhando um grande esforço para obrigar o uso de máscaras devido ao Covid-19. Em março deste ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e os Centros de Controle de Doenças (CDC) disseram publicamente que as máscaras deveriam ser usadas apenas por pessoas que estavam próximas a pessoas doentes. Pessoas saudáveis ​​não precisavam usar máscaras.

Mas tudo isso mudou.

O Dr. Mark Sircus, em um artigo publicado no Lew Rockwell, em 10 de julho de 2020, intitulado: Uso de máscaras – uma marretada na saúde revela uma estatística surpreendente. Ele observa que o CO2 típico no ar é de cerca de 400 ppm, um pouco mais alto que é encontrado ao redor do nariz ou da boca enquanto respiramos. Mas uma máscara típica pode elevar o nível a perigosos 5.000 ppm!

Segundo o Dr. Sircus, a Administração de Segurança e Saúde Ocupacional (OSHA) determinou que a concentração mínima de oxigênio no ar que respiramos não deve ser inferior a 19,5%. A maior parte do que respiramos na atmosfera ao nível do mar é gás nitrogênio, aproximadamente 78%.

Porém, o uso de uma máscara facial reduz a quantidade de oxigênio na corrente sanguínea para 17,5%, o que com o tempo pode levar à hipóxia ou falta de oxigênio adequado para o organismo funcionar normalmente. Dores de cabeça, pensamentos confusos e letargia são subprodutos comuns. Usar máscaras durante atividades físicas intensificadas pode ser ainda pior.

Depois, há as inconsistências óbvias com o uso da máscara. Você precisa usar uma para entrar em um restaurante, mas uma vez sentado, você pode tirá-la? Como isso funciona? Existe alguma “ciência” que diga que as pessoas sentadas em um restaurante não são suscetíveis ao vírus, mas se você começar a andar por aí está frito?

Nada dessa baboseira de Covid faz sentido para qualquer um que pense!

Niccolau Maquiavel ficaria orgulhoso! Talvez você já tenha ouvido falar dele? Ele era um italiano que foi o autor de “O Príncipe” em 1513, que era essencialmente um guia para aspirantes a políticos, detalhando como eles poderiam usar crime, engano e manobras inescrupulosas para ganhar e manter o poder. Para Maquiavel, os fins justificaram os meios e sua orientação foi adotada com entusiasmo pela classe política de hoje.

Use uma máscara e demonstre sua lealdade aos monstros totalitários que afirmam que querem apenas nos manter seguros. Defenda a liberdade escolhendo permanecer sem máscara; Eu não vou obedecer!

 

Leia também

Pelo direito básico de respirar: a tirania (anticientífica) das máscaras tem que acabar

Artigo original aqui.

1 COMENTÁRIO