Ditadores covidianos e o abuso infantil

0
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

A diretora do Centro de Controle de Doenças (CDC), Dra. Rochelle Walensky, “recomendou” que as crianças usassem máscaras enquanto brincam. O motivo alegado é garantir que o Covid não se espalhe pela “respiração pesada” de crianças próximas umas das outras enquanto estão correndo atrás de uma bola de futebol.

A recomendação da Dra. Walensky é mais um exemplo da recusa dos autoritários do Covid em “ouvir a ciência”. A ciência diz não a quarentenas e máscaras. As máscaras não estão bloqueando os vírus muito pequenos nas “respirações pesadas”. A Dra. Walensky também ignora a ciência que mostra que usar máscara durante o exercício ou a prática de esportes tem efeitos negativos para a saúde.

O desprezo mais ultrajante da Dra. Walensky pela ciência é ignorar o fato de que as crianças correm um risco estatisticamente insignificante de espalhar Covid ou de ficarem muito doentes com isso.

A recomendação da Dra. Walensky é um dos muitos exemplos de como as crianças são prejudicadas pela reação exagerada ao coronavírus. Muitas crianças tiveram sua saúde física e mental prejudicada porque não podem ir à escola, brincar com os amigos ou até mesmo fazer uma festa de aniversário por causa dos lockdowns.

Infelizmente, mas não surpreendentemente, os dois principais sindicatos de professores impediram a reabertura de escolas. Os líderes sindicais dos professores alegaram que é muito perigoso para os professores retomarem o ensino presencial, mesmo que os adultos corram pouco ou nenhum risco de pegar Covid das crianças. Infelizmente, os sindicatos de professores estão desconsiderando o interesse das crianças. E-mails divulgados recentemente mostram que o CDC desconsiderou a ciência em favor da orientação restritiva do sindicato ao desenvolver recomendações sobre a reabertura de escolas.

Os efeitos negativos dos lockdowns e do fechamento de escolas para as crianças levaram muitos pais a considerar alternativas às escolas públicas. Algumas escolas particulares não apenas permaneceram abertas, como seguiram a ciência e não forçaram seus alunos a usar máscaras. Muitos pais também estão pensando em aplicar o homeschooling. Os pais que ensinam em casa obviamente podem garantir que seus filhos não sejam forçados a usar máscaras, obedecer distanciamento social e outras ordens não científicas.

Os pais interessados ​​em proporcionar aos filhos uma educação de qualidade que enfatize as ideias de liberdade devem considerar meu currículo de educação domiciliar. O Currículo Ron Paul oferece aos alunos uma educação completa que inclui programas rigorosos em história, matemática e ciências físicas e naturais. O currículo também oferece instrução em finanças pessoais. Os alunos podem desenvolver habilidades de comunicação superiores por meio de cursos intensivos de redação e oratória. Outra característica do meu currículo é que ele fornece aos alunos a oportunidade de criar e administrar seus próprios negócios baseados na Internet.

As seções de governo e história do currículo enfatizam a economia austríaca, a teoria política libertária e a história da liberdade. No entanto, ao contrário das escolas públicas, meu currículo nunca coloca a doutrinação ideológica à frente da educação.

Os fóruns interativos permitem que os alunos aprendam uns com os outros fora de um ambiente formal. A ênfase do currículo na aprendizagem autodirigida e na interação com o aluno o torna ideal para pais que precisam trabalhar em casa, mas ainda querem educar seus filhos em casa.

Eu encorajo os pais que procuram alternativas às escolas do governo acessarem RonPaulCurriculum.com para obter mais informações sobre o meu programa de ensino doméstico.

 

Artigo original aqui

 

Acompanhe o Dr. Ron Paul diariamente em seu Liberty Report:

 

Artigo anteriorNew York Times revela a mentira da “transmissão ao ar livre”
Próximo artigoA luta contra o totalitarismo: Rothbard Vs monasticismo
é médico e ex-congressista republicano do Texas. Foi candidato à presidente dos Estados Unidos em 1988 pelo partido libertário e candidato à nomeação para as eleições presidenciais de 2008 e 2012 pelo partido republicano. É autor de diversos livros sobre a Escola Austríaca de economia e a filosofia política libertária como Mises e a Escola Austríaca: uma visão pessoal, Definindo a liberdade, O Fim do Fed – por que acabar com o Banco Central (2009), The Case for Gold (1982), The Revolution: A Manifesto (2008), Pillars of Prosperity (2008) e A Foreign Policy of Freedom (2007). O doutor Paul foi um dos fundadores do Ludwig von Mises Institute, em 1982, e no ano de 2013 fundou o Ron Paul Institute for Peace and Prosperity e o The Ron Paul Channel.