É Assange quem deve julgar o Pentágono e a CIA

0

Com decisão de junho do secretário do Interior britânico Priti Patel de aprovar a extradição de Julian Assange para os Estados Unidos, é praticamente certo que Assange em breve será levado aos EUA para julgamento.

Vamos torcer para que ele aproveite a oportunidade para colocar o Pentágono e a CIA no banco dos réus. Sim, eu sei que o juiz federal nomeado para presidir o julgamento fará o possível para não permitir que isso aconteça, mas o que há de errado com um pouco de desobediência civil no que inevitavelmente será um tribunal manipulado cujo resultado da culpa será predeterminado?

Não vamos esquecer, afinal, que Assange não é o criminoso aqui. Ele é o cara que divulgou a conduta criminosa para o mundo através de sua organização WikiLeaks. Essa conduta criminosa foi cometida pelo Pentágono e pela CIA, apoiados por seus facilitadores nos poderes executivo e legislativo do governo federal.

Em uma sociedade justa, as pessoas que divulgam conduta criminosa seriam aclamadas como heróis e as pessoas que se envolverem em conduta criminosa iriam para a cadeia. Mas no mundo bizarro de um estado de segurança nacional, é exatamente o oposto – os criminosos são os acusadores e carcereiros e os oponentes de sua conduta criminosa são aqueles que são punidos, torturados e enviados para a prisão.

Uma das grandes coisas que os advogados de Assange poderiam fazer durante o julgamento é reafirmar e enfatizar cada ação do lado negro em que o pessoal dos EUA se envolveu e que o WikiLeaks divulgou, além das que o WikiLeaks não divulgou. Embora isso não necessariamente mude o resultado do processo predeterminado, pelo menos mostraria ao mundo por que eles estão perseguindo Assange.

Quando o governo dos EUA foi convertido de sua estrutura fundadora de uma república de governo limitado para um estado de segurança nacional para combater a Guerra Fria contra o “comunismo ateu” e a União Soviética como parte da animosidade anti-Rússia extrema daquela época, ocorreu uma barganha implícita feita entre o establishment de segurança nacional e o povo americano: o Pentágono, a CIA e a NSA poderiam se envolver com poderes do lado negro do tipo totalitário, mas manteriam suas ações desagradáveis ​​em segredo do povo americano para que a consciência das pessoas não fosse incomodada.

Assange interferiu nesse pacto ao revelar ao mundo algumas dessas práticas obscuras. Aliás, Edward Snowden também. Por isso, ambos precisavam ser punidos, mesmo que apenas para enviar uma mensagem a todos os outros: Isso é o que acontecerá com você se revelar nossas práticas criminosas do lado negro para o mundo.

Esteja preparado para um espetáculo judicial quando Assange, que é cidadão australiano, for levado à força para os Estados Unidos para julgamento por divulgar a conduta criminosa do governo dos EUA. Só não espere nada remotamente parecido com justiça no processo.

Artigo original aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.