Estado? Não, Obrigado!

3

Ao ler Stato? No, grazie! pela primeira vez, vi no trabalho de Marcello Mazzilli aquilo que procurava há alguns anos — um livro que explicasse o libertarianismo e introduzisse conceitos da escola austríaca de economia tanto para leigos como para pessoas que já tenham tido algum contato com ideias libertárias.O formato do livro é também um diferencial: perguntas e respostas claras e objetivas, indo direto ao ponto, o que torna a leitura rápida e agradável e facilita a compreensão.

Procurava um trabalho assim, pois após anos debatendo e explicando para amigos, a tarefa se tornara repetitiva e fatigante, e as vezes eu (e muitos outros libertários que conheço) esquecia que falava com pessoas que jamais tiveram qualquer contato sequer com ideias ditas liberais (como Milton Friedman ou mesmo Roberto Campos) — que dirá saberem quem são Frédéric Bastiat, Mises, Rothbard, Hans-Hermann Hoppe ou Walter Block — e deixava de introduzir o pensamento da maneira que Marcello Mazzilli faz neste livro.

Recomendo a todos aqueles que se interessarem pelas ideias apresentadas no livro que se aprofundem nos estudos através do Instituto Rothbard e sua crescente biblioteca.

Boa leitura!

Roberto Chiocca — tradutor

 

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Atenção! No finalzinho do texto vocês esqueceram de mudar de Instituto Mises Brasil para Instituto Rothbard! Por favor mudem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.