Manipulação em massa – Como funciona

2
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Você já se perguntou como um rebanho de ovelhas é levado ao “matadouro”?

A manipulação de mentes é uma ciência bem estudada, já aplicada há séculos, mas está se tornando cada vez mais sofisticada. Por exemplo, as muitas afirmações contundentes de Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda de Hitler (1933 a 1945), incluíam,

“Se você repete uma mentira com bastante frequência, ela se torna a verdade”; ou

“Se você fizer as pessoas acreditarem na ameaça de um inimigo, elas farão o que você quer” – e

“Divida e polarize, destrua sua solidariedade, e eles seguem seu comando”.

Hoje nos tornamos mais sofisticados. Embora o medo ainda seja a arma preferida – imagine um inimigo invisível de que todos tenham medo – temos mídia que coleta dados digitalmente, algoritmos e robôs que se concentram em seu pensamento, como você reage e lida com a mídia social ou quais sites você consulta, e onde e o que você compra.

Isso é apenas para citar alguns pontos de informação. Hoje existem em média cerca de 200 desses dados para serem computados eletronicamente, de forma a balançar sua opinião e fazer você acreditar nas mentiras mais flagrantes.

Pode ser que você reconheça o que a crise covid está fazendo com você e em que estado de manipulação estamos – quão perto do matadouro estamos?

As sete fases abaixo sintetizam o livro O poder da persuasão, de Robert Cialdini:

“Este livro clássico sobre persuasão explica a psicologia de por que as pessoas dizem “sim” – e como aplicar esses entendimentos. O Dr. Robert Cialdini é o especialista seminal no campo de influência e persuasão em rápida expansão. Seus trinta e cinco anos de pesquisa rigorosa e baseada em evidências, juntamente com um programa de estudo de três anos sobre o que move as pessoas a mudar o comportamento, resultou neste livro altamente aclamado. Você aprenderá os seis princípios universais, como usá-los para se tornar um persuasor habilidoso – e como se defender deles. Perfeito para pessoas em todas as esferas da vida, os princípios deste livro irão movê-lo em direção a uma mudança pessoal profunda e agir como uma força motriz para o seu sucesso.”

Os hipnoterapeutas têm notado que hipnose flagrante e técnicas de programação neurolinguística (PNL) estão sendo usadas pelo governo e pela mídia controlada pelo estado. PNL é uma abordagem psicológica que envolve a análise de estratégias usadas por indivíduos bem-sucedidos e sua aplicação para alcançar um objetivo pessoal. Relaciona pensamentos, linguagem e padrões de comportamento aprendidos por meio da experiência a resultados específicos.

Vejam isso:

Fracionamento

Você os leva a fazer algo não uma vez, mas repetidamente, aumentando o nível de intensidade a cada vez. Normalmente, você faz isso 3 vezes. (Na primeira quarentena, eu disse – cuidado, haverá uma segunda e uma terceira) Isso aumenta a conformidade – é muito mais provável que eles façam o que você quiser.

Um conjunto de ‘Sim’

Faça com que eles digam ‘Sim’ a algo pequeno no início (apenas duas semanas para “achatar a curva”), depois aumente gradualmente (meses de quarentena, Natal cancelado, obrigatoriedade de vacinas). Dessa forma, é muito mais provável que eles continuem dizendo sim. (Haveria tumultos se eles dissessem em março que as quarentenas continuariam até o carnaval.)

Confusão

Mantenha-os em constante estado de incerteza. A mente consciente responde a isso “ficando offline” enquanto busca a resposta apropriada para algo que não tem precedentes. Então, é muito mais fácil para o manipulador obter acesso à mente inconsciente e mudar os sistemas de crenças. Por exemplo, as regras de quarentena estão mudando praticamente todo dia; estamos vivendo em um mundo em que nunca vivemos antes, todo mundo está batendo cabeças, sem ideia de como se comportar. Não temos energia para lutar contra nossos opressores.

Repetição

Repita as mesmas informações indefinidamente (veja qualquer notícia de jornal/TV para obter evidências disso!)

Ilusão de Escolha

Faça-os acreditar que estão no controle, dando a eles 2 opções, ambas levando ao mesmo resultado. Por exemplo, ‘Você quer a Pfizer ou a Oxford?’ Ou ‘Você pode escolher ser bom ou mau. Ruim = mais quarentena. Bom = mais quarentena.’

“Prova Social”

“Olha, todas essas grandes celebridades estão apoiando isso!”

“Escassez”

“Você terá que esperar a sua vez pela vacina … podem estar acabando”

E muitos mais … Todas técnicas clássicas de controle psicológico. Depois de ver, você não pode deixar de ver.

*

Confira o livro O poder da persuasão de Robert Cialdini – todos os métodos sobre os quais ele fala estão sendo usados ​​diariamente nas notícias e em outras mídias.

*

Se percebermos a tempo que isso é o que está acontecendo conosco, que essa teoria aplicada está por trás do covid, e que está usando o covid para uma meta dissimulada muito mais destruidora da liberdade – controle total da humanidade, do comportamento das pessoas, da comida, dos recursos – sobre se as pessoas vivem ou morrem – e das riquezas do mundo – então podemos ter uma chance de escapar do rebanho que galopa em direção ao abismo – ou ao matadouro.

Acordem – protestem – desobedeçam – e se reconectem uns com os outro. AGORA.

 

Artigo original aqui.

2 COMENTÁRIOS

  1. Não precisa nem de uma análise tão sofisticada como a do artigo. Vejamos um caso mais simples, mas que leva a mesma conclusão:

    Atualmente há uma escassez de vacinas do corona. A demanda por vacinas é muito maior do que a oferta, mas a mídia continua insistindo em propagandas como “vacina sim”, propagandas do instituto butantã e etc…
    Ora, vamos pensar com lógica: Por que alguém varia propaganda de um item que já existe uma super demanda? A maioria das pessoas já espera ansiosamente por uma vacina e seria capaz de sair no tapa por uma dose dela, então pra quê fazer propaganda da vacina???

    Resposta: Por que o Estado não quer apenas que a população tome vacina. Ele quer adoração. Quer que todos encarem a vacina como sendo a coisa mais importante do universo nesse momento e por tabela aquele que a fornece (o estado e suas companhias parceiras do capitalismo de compadrio) é também o grande salvador da pátria.

  2. A questão da persuação é algo bastante complicado de provar, pois os políticos do sistema são intuitivamente armas preparadas. Enquanto pessoas comuns tem que planejar uma maldade qualquer, deixando rastros, os políticos choram, ficam brabos, usam da culpa… enfim, o efeito é o mesmo, mas de fato, eles tem uma capacidade natural de impor a sua agenda. Fazem tudo isso tão bem que parece improviso.