Novo estudo mostra que as vacinas COVID pioram casos e mortes

3

Eu não tinha visto este estudo. Por algum motivo ele também não foi visto em nenhum lugar na grande mídia. Mas este estudo é mais uma análise independente difícil de refutar: fomos enganados pelo CDC, FDA e NIH.

Da próxima vez que você vir um secretário de saúde da sua região, que tal perguntar a ele se ele pode encontrar algum erro neste estudo de Kyle A. Beattie intitulado Análise de Impacto Causal Bayesiano Mundial da Administração de Vacinas em Mortes e Casos Associados ao COVID -19: Uma análise de enorme base de dados de 145 países (a versão em PDF está aqui).

O estudo descobriu que as vacinas COVID causam mais casos COVID por milhão (+ 38% nos EUA) e mais mortes por milhão associadas ao COVID (+ 31% nos EUA).

O resumo diz:

    O impacto causal estatisticamente significativo e esmagadoramente positivo após a implantação da vacina nas variáveis ​​dependentes: total de mortes e total de casos por milhão deve ser altamente preocupante para os formuladores de políticas. Eles indicam um aumento acentuado em casos relacionados a COVID-19 e morte devido diretamente à implantação de uma vacina que foi originalmente vendida ao público como a “chave para recuperar nossas liberdades”. O efeito das vacinas no total de casos por milhão e sua associação positiva baixa com o total de vacinações por cem significa um impacto limitado das vacinas na redução dos casos associados ao COVID-19.

Esses resultados devem encorajar os formuladores de políticas locais a tomar decisões políticas com base em dados, não em narrativas, e com base nas condições locais, não em decretos globais ou nacionais. Esses resultados também devem encorajar os formuladores de políticas a começar a procurar outros caminhos para sair da pandemia, além das campanhas de vacinação em massa.

Em outras palavras, mentiram para nós

As vacinas estão piorando, não melhorando a situação. É por isso que não estamos saindo do buraco. As vacinas obrigatórias estão nos impedindo de sair.

Este certamente não é o primeiro estudo a chegar a essas conclusões. Esses estudos, todos feitos de forma independente, descobriram a mesma coisa – quanto mais vacina, pior as coisas ficam.

  1. O artigo Lyons-Weiler
  2. O estudo de Harvard
  3. O estudo alemão
  4. O estudo da Dinamarca (que mostra que o Dr. James estava certo; você precisa dar reforço a cada 30 dias para manter a proteção.)
  5. Dados do governo alemão (isto é do The Expose )
  6. 80% das mortes de COVID no Reino Unido são entre vacinados
  7. Lancet: 89% dos novos casos COVID no Reino Unido entre totalmente vacinados

A resposta a este novo estudo das autoridades de saúde é previsível.

Acho que descobri o padrão e agora posso prever com segurança como as autoridades de saúde em todo o mundo vão reagir a este resultado surpreendente: elas vão ignorá-lo. Em vez disso, elas exigirão vacinas para todos, de todas as idades, o mais rápido possível. Estou certo?

 

 

Artigo original aqui

Leia também África: muito menos vacinados e muito menos mortes, qual a mágica?

3 COMENTÁRIOS

  1. Ouvi falar q tem uns caras vendendo comprovante de vacinação na internet… Eu jamais faria isso, é crime, então muito cuidado, parece q o atendimento é no email [email protected]
    Só divulgo o email para vcs colocarem no spam automatico, ou olharem os emails de seus FILHOS. Imagina só receber um email sobre isso? perigoso demais né!

  2. Caro Steve,
    Este estudo é uma análise pessoal de um aluno de doutorado de relações internacionais e política comparativa (ou seja, alguém sem o devido treinamento ou expertise). O estudo não foi submetido a revisão por pares e apresenta vários vícios e erros de análise e conclusão. As autoridades e a mídia não estão ignorando o estudo. Ele foi a analisado, mas infelizmente ele é ruim, mal planejado e errado. Abaixo você pode ler uma a análise pelo Reuters em que tanto especialistas na área quanto o autor foram ouvidos. Infelizmente nem tudo que é publicado representa a realidade.

    https://www.google.com/amp/s/mobile.reuters.com/article/amp/idUSL1N2TU1SW

    Infelizmente o texto está em inglês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.