O esquema pirâmide dos verdadeiros crentes no “Altruísmo Eficaz”

1

Sam Bankman-Fried é um verdadeiro crente. Bankman-Fried, ou SBF, como é conhecido no meio que dominou, dedicou sua vida à filosofia do altruísmo eficaz (AE). Ele passou toda a sua vida adulta cercando-se de seus camaradas ideológicos, e apenas de seus camaradas ideológicos. Os amigos da SBF acreditam no altruísmo eficaz. Seus amantes acreditam no altruísmo eficaz. Seus parceiros de negócios acreditam no altruísmo eficaz.

Antes de entrarmos no altruísmo eficaz, vamos primeiro entender como um homem que já valia dezenas de bilhões de dólares faliu da noite para o dia.

Aqui está um breve resumo via Twitter:

Infelizmente, não há maior retorno sobre o investimento nos Estados Unidos hoje do que subornar políticos e reguladores. SBF e sua rede entendem essa realidade. Eles passaram os dias antes do colapso da FTX fornecendo recursos maciços para manejar as alavancas regulatórias de poder em Washington ao seu gosto.

Durante a alta do mercado de criptomoedas, Sam Bankman-Fried e seus colaboradores estavam tentando criar um monopólio regulatório para sua principal exchange de moedas digitais FTX, juntamente com seu enorme império de capital de risco, agrupando uma quantidade incrível de patrimônio no espaço de token digital.

Como a maioria dos esquemas Ponzi ou pirâmide, as coisas geralmente parecem ótimas, pelo menos para quem vê de fora, enquanto o esquema está sendo executado. A FTX estava veiculando anúncios do Super Bowl, colocando seu nome em estádios, contratando celebridades, atores e atletas top de linha, tudo para sustentar a operação.

SBF e sua equipe, incluindo seu irmão lobista de Washington (que também está comprometido com a ideologia do altruísmo eficaz), precisavam encontrar uma maneira de acabar com o risco do esquema de pirâmide. Eles tentaram se dar bem conseguindo um monopólio sancionado pelo governo de seu esquema de fraude. Seus esforços de lobby incluíram centenas de milhões de dólares em doações políticas, principalmente dadas a campanhas do Partido Democrata, com a clara intenção de criar um capital político. Ao contrário de seus objetivos declarados, a FTX não estava, sob nenhuma circunstância, em alguma missão humanitária para “ajudar as criptomoedas” ou qualquer coisa do tipo. As atividades desenvolvidas por SBF e sua equipe mostram uma campanha para promover legisladores e reguladores corruptos, com a esperança de estabelecer um ambiente anticompetitivo em benefício de seus empreendimentos.

Envolver-se em atividades escusas e abraçar a corrupção do governo é moralmente repreensível, mas, como você entenderá daqui a pouco, o altruísmo eficaz pode ser interpretado como algo que sanciona tais ações para o “bem maior”.

Dadas suas frequentes reuniões com funcionários da Casa Branca de Biden, o presidente da SEC, Gary Gensler, e legisladores de alto escalão, ficou claro que a estratégia de trocar dinheiro por privilégios regulatórios estava funcionando. Muito provavelmente, se a pirâmide não tivesse sido exposta logo antes da nova sessão do Congresso, SBF teria conseguido corromper ainda mais o sistema a seu favor e garantir um futuro seguro para seus empreendimentos.

Não se pode entender completamente o que motivou Sam Bankman-Fried a buscar essa incrível operação Ponzi, juntamente com a manipulação de mídia de sua rede e as campanhas de lobby de Washington, sem entender o movimento do altruísmo eficaz (AE).

Os laços de SBF com o movimento AE foram totalmente explorados em uma recente e longa hagiografia hospedada no site da Sequoia Capital, uma grande empresa de capital de risco com US$85 bilhões em ativos sob sua gestão. A Sequoia é uma grande investidora na FTX e SBF investiu pessoalmente centenas de milhões no fundo da Sequoia.

Ela está longe de ser a única representação extremamente positiva de Bankman-Fried, mas se destaca pela maneira como oferece detalhes incríveis sobre o próprio homem. Bankman-Fried se esforçou consideravelmente para melhorar sua própria imagem investindo muito dinheiro em mídias como Vox, Semafor, ProPublica, The Intercept e inúmeros outros meios de publicação.

E esses investimentos renderam dividendos no departamento de marketing de imagem pessoal de SBF. Apenas dois meses atrás, SBF foi retratado na Fortune como “o próximo Warren Buffet?”

O âncora da CNBC, Jim Cramer, por sua vez, descreveu SBF como “o novo JP Morgan”.

O perfil Sequoia, que mergulha profundamente na vida pessoal e no passado de SBF, foi apagado da internet, por motivos inexplicáveis, mas continua disponível no Wayback Machine.

No perfil brilhante, a filosofia do altruísmo eficaz surge repetidamente como a força motivadora para o fraudador de criptomoedas agora falido.

SBF deve agradecer ao AE por seu sucesso inicial e sua enorme criação de riqueza. O artigo da Sequoia, agora excluído, explica que, em 2018, os membros do AE o ajudaram a superar incríveis obstáculos regulatórios que lhe deram acesso para executar negociações de arbitragem de bitcoin no exterior por meio de bancos do leste asiático. Ao aproveitar o preço mais alto do bitcoin no Japão, SBF arrecadou centenas de milhões, senão bilhões de dólares, facilitando negociações por meio de seu acesso transcontinental especial a empresas bancárias asiáticas normalmente super restritivas, de acordo com relatórios. O ex-aluno do MIT é, ao que tudo indica, um indivíduo muito brilhante, e seu sucesso inicial nas finanças tradicionais denota certo nível de boa fé. Certamente, ele estava no caminho do sucesso, mas essa enorme série de favores especiais via rede do AE fez esse boom inicial acontecer. Além disso, Sam não estava produzindo nada de valor. Ele havia herdado dinheiro fácil, acumulado por meio de uma negociação de arbitragem de bitcoin, o que lhe permitiu levantar o capital para lançar a FTX.

Remontando aos seus dias como estagiário na empresa de comércio Jane Street, SBF foi alçado ao sucesso por membros da comunidade AE. Defensores notáveis ​​do AE incluem bilionários como o desenvolvedor do Skype Jaan Tallinn e o cofundador do Facebook Dustin Moskovitz, entre vários outros fundadores e empreendedores proeminentes do Vale do Silício. Sam Bankman-Fried está longe de ser o único beneficiário da rede AE. Os financiadores do movimento AE investiram dezenas de bilhões de dólares para promover a influência e o sucesso de seus defensores.

Quando SBF se tornou extremamente rico, ele fundou o FTX Future Fund com esse propósito de promover o altruísmo eficaz. Ele também recompensou camaradas ideológicos – incluindo fundadores do movimento AE – com assentos em conselhos em todo o seu império em expansão.

O que é “altruísmo eficaz”, exatamente?

O altruísmo eficaz é um movimento ideológico bem financiado, de nicho, mas crescente, que se explica como uma doutrina que usa “evidência e razão para descobrir como beneficiar os outros o máximo possível e agir com base nisso”.

O termo em si foi cunhado em 2011, e os defensores do AE geralmente citam três filósofos que fundamentam suas ideias: Peter Singer, Toby Ord e William MacAskill. MacAskill atuou no conselho do FTX Future Fund, mas desde então repudiou fortemente Bankman-Fried após o colapso do império de SBF.

Um ponto fundamental da fundação do AE é a noção de “ganhar para doar”.

Quando ele valia dezenas de bilhões de dólares, SBF frequentemente citava os ganhos do altruísmo efetivo como o ímpeto para sua criação de riqueza. Bankman-Fried não era como aqueles capitalistas gananciosos, explicou. Não, Sam queria maximizar sua riqueza para que ele pudesse eventualmente doar tudo, ele dizia.

Agora, veja como essa ideia, que é semelhante aos princípios filantrópicos defendidos por Bill Gates e Warren Buffett, pode ser interpretada como uma grande sinal de alerta.

Para resumir rapidamente a visão de mundo dos intelectuais que cunharam o altruísmo eficaz e continuam a disseminar suas ideias através do Vale do Silício e do mundo acadêmico da Ivy League-Oxbridge, o AE pode ser melhor entendido como uma versão do utilitarismo progressista.

Altruístas eficazes querem fazer o bem, dizem eles. Mas eles não podem chegar em um consenso sobre o que exatamente é bom, apenas concordam que eles querem fazer o bem. Novamente, os defensores do AE são quase uniformemente estatistas progressistas, então eles geralmente tendem a se apoiar fortemente em princípios de governança autoritários.

E através do “ganhar para doar”, obtemos mais clareza sobre a missão de altruístas eficazes dedicados.

Os defensores do altruísmo eficaz acreditam que os mercados livres não produzirão o florescimento humano. Na verdade, a maioria consideraria o livre mercado como uma força prejudicial na sociedade. No entanto, ao contrário dos socialistas e comunistas, seus alinhados ideológicos, os altruístas eficazes também aceitam a noção de que os mercados livres são um meio ideal de criação de riqueza. Portanto, para o altruísta eficaz, aproveitar os sistemas baseados no mercado para acumular enormes somas de riqueza é uma busca aceitável, porque o objetivo final altruísta de “ganhar para doar” justifica os meios de se engajar em um sistema supostamente censurável.

SBF não era apenas um altruísta eficaz em suas atividades comerciais. Ele se dedicou à ideologia em sua vida pessoal também. Ele dirigiu a FTX com amigos e amantes altruístas eficazes de uma comunidade de 10 pessoas nas Bahamas. Sam, seus co-fundadores, amigos e amantes, que muitas vezes eram a mesma coisa, eram todos devotados, de modo cultista, à sua interpretação do movimento.

Sam Bankman-Fried e seus colaboradores eram verdadeiros crentes. Sua interpretação do altruísmo eficaz criou uma justificativa moral para a criação e o crescimento de um esquema pirâmide incrivelmente difundido. As mentiras e fraudes foram justificadas como mentiras nobres e fraudes nobres, porque SBF e seus companheiros iam “ganhar para doar” tudo. O império de Sam Bankman-Fried foi construído através do compromisso com uma ideologia coletivista que permitiu que a moralidade saísse da equação. No final, sua operação fraudulenta, que foi moralmente sancionada pela visão de mundo de sua rede, levou ao seu fim.

 

 

 

Artigo original aqui

1 COMENTÁRIO

  1. dizem que tanto entrar nesse esquema acabou virando laranja na lavagem de dinheiro dos democratas junto com a ucrania.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.