Qual a verdadeira taxa de mortalidade do Covid?

0

O COVID-19 é muito menos mortal na população não idosa do que se pensava anteriormente, concluiu um novo estudo importante de pesquisas de prevalência de anticorpos.

O estudo foi liderado pelo Dr. John Ioannidis, professor de medicina e epidemiologia da Universidade de Stanford, que fez um alerta precoce em 17 de março de 2020 com um artigo amplamente lido no Stat News, argumentando prescientemente que “estamos tomando decisões sem dados confiáveis” e “com lockdowns de meses, se não anos, a vida para em grande parte, as consequências de curto e longo prazo são totalmente desconhecidas e bilhões, não apenas milhões, de vidas podem estar em jogo”.

No novo estudo, que está atualmente em revisão por pares, o Prof. Ioannidis e colegas descobriram que, em 31 estudos nacionais de soroprevalência na era pré-vacinação, a taxa média (mediana) de mortalidade por infecção por COVID-19 foi estimada em apenas 0,035%. para pessoas de 0 a 59 anos e 0,095% para pessoas de 0 a 69 anos.

Uma divisão adicional por faixa etária descobriu que a mortalidade por infecção média foi de 0,0003% em 0-19 anos, 0,003% em 20-29 anos, 0,011% em 30-39 anos, 0,035% em 40-49 anos, 0,129% em 50-59 anos e 0,501% aos 60-69 anos.

O estudo afirma que mostra uma “mortalidade por infecção média pré-vacinação muito menor em populações não idosas do que o sugerido anteriormente”.

Uma repartição por país revela a ampla gama de valores médios de mortalidade por infecção em diferentes populações.

Taxa de mortalidade por infecção (IFR) e intervalo de confiança de 95% por país para pessoas com menos de 70 anos.

Os valores significativamente mais altos para os sete primeiros sugerem que parte da diferença pode ser um artefato, por exemplo, da maneira como as mortes por Covid são contadas, principalmente onde os níveis de excesso de mortalidade são semelhantes. Observe também que os estudos de anticorpos datam de vários pontos durante o primeiro ano da pandemia, a maioria deles antes da grande onda de inverno de 2020-21, quando os níveis de disseminação e o número de mortes foram mais variados do que no final da pandemia, conforme ondas levaram os países a convergir.

A razão pela qual alguns países tiveram valores muito mais baixos e outros muito mais altos não é completamente clara. Os autores sugerem que “grande parte da diversidade no IFR entre os países é explicada por diferenças na estrutura etária”, conforme o gráfico abaixo.

Meta-regressão do IFR em função da proporção da população com menos de 50 anos entre os 0-69 anos

No entanto, a divisão por idade por país sugere que o IFR diferia para cada faixa etária em cada país, lançando dúvidas sobre essa sugestão. (No gráfico abaixo, observe a escala logarítmica e ignore as linhas em zigue-zague, que se devem a países pequenos com baixo número de mortes.)

IFR em cada país por cada faixa etária especificad

Por que os países estão vendo IFRs diferentes mesmo para as mesmas faixas etárias? Os autores sugerem uma série de explicações, incluindo artefatos de dados (por exemplo, se o número de mortes ou soroprevalência não são medidos com precisão), presença e gravidade de comorbidades (por exemplo, a obesidade afeta 42% da população dos EUA, mas a proporção de adultos obesos é de apenas 2% no Vietnã, 4% na Índia e menos de 10% na maioria dos países africanos, embora afete quase 40% das mulheres sul-africanas), a presença de indivíduos frágeis em lares de idosos e diferenças na gestão, cuidados de saúde, apoio e níveis de problemas com drogas.

O Prof. Ioannidis publicou anteriormente vários  artigos estimando o IFR do COVID-19 usando pesquisas de soroprevalência. Ele e sua equipe concluem que suas novas estimativas fornecem uma linha de base para avaliar mais declínios de IFR após o uso generalizado de vacinação, infecções anteriores e evolução de novas variantes, como a Omicron.

 

 

 

Artigo original aqui

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.