Dia da liberdade de impostos – 3ª edição

0
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Evento — que será realizado em oito capitais e em outras sete cidades — tem como objetivo conscientizar a população sobre a alta carga tributária.  DIA 25 DE MAIO – quarta-feira.

 

O Brasil é um dos países em que mais se cobram impostos no mundo.  Neste ano, os brasileiros terão de trabalhar mais de 150 dias apenas para pagar os tributos cobrados pelo governo.  Para lembrar a data e chamar a atenção da opinião pública para a questão, será realizado pela terceira vez em São Paulo, o Dia da Liberdade de Impostos, em que a população poderá adquirir gasolina sem o preço dos tributos.  Além de São Paulo, o evento também será realizado em Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Manaus, Brasília, Vitória, Colatina, Linhares (ES), Caxias (RS), Florianópolis, Blumenau, Lages, Joinville e em Santa Rosa do Sul (SC).

O objetivo é conscientizar a população quanto à abusiva carga tributária do país. Muitos consumidores nem mesmo sabem, mas pagam cerca de 40% de imposto em cada produto comprado.  Para a gasolina, os tributos chegam a 53%. Trabalhamos praticamente cinco meses do ano apenas para bancar o governo.  Somos súditos, não cidadãos!

Em nome da “justiça social”, Brasília e as demais esferas de governo arrecadam quase metade do que é produzido de riqueza no país.  Em troca, produzem muitas leis estúpidas e um mar de corrupção.  A renda per capita da capital é a maior do país, de longe. Como agravante, somos chamados pelo eufemismo de “contribuinte”, como se estivéssemos fazendo uma doação voluntária (com o perdão do pleonasmo) para bancar a farra dos parasitas consumidores dos nossos impostos.  Esse ato imoral de nos tirar quase a metade do que ganhamos sob a mira de uma arma precisa ficar mais transparente.

Os péssimos serviços prestados tornam a situação ainda mais calamitosa.  Mas é importante destacar que esse não é o cerne da questão, ao contrário do que muitos pensam.  Mesmo que o senhor de engenho ofereça alguns confortos razoáveis para seus escravos, isto não altera a natureza imoral da escravidão.  E quando somos forçados a transferir a metade do que ganhamos para governantes, isso não pode ter outro nome senão escravidão, ainda que velada.  Infelizmente, muitos não se dão conta disso, e nem sequer sabem o quanto entregam para o governo.  Eis o porquê de a iniciativa do “dia da liberdade de impostos” merecer todo apoio possível.  Chega de imposto!

Nesta data simbólica, a venda de gasolina será subsidiada nas cidades supracitadas.  A gasolina sairá pela metade do preço cobrado normalmente, que é quanto a gasolina custaria caso não incidissem sobre ela tributos como a CIDE, PIS, Cofins e ICMS.

Em São Paulo, o Dia da Liberdade de Impostos em São Paulo está sendo organizado pelo Instituto Mises Brasil,pelo Movimento Endireita Brasil e pelo Instituto de Estudos Empresariais.  A venda de gasolina subsidiada (R$ 1,32) ocorrerá no Centro Automotivo Portal das Perdizes (bandeira Ipiranga), que fica na Avenida Sumaré, esquina com a rua Dr. Franco da Rocha.  As vendas serão limitadas a 30 litros de gasolina por veículo.  Após encerrada a cota de 6.000 litros, a ação terminará.  Será aceito somente pagamento em dinheiro.  A diferença no preço do combustível será paga pelas entidades organizadoras do protesto.

O Dia da Liberdade de Impostos foi realizado pela primeira vez em 2003, em Porto Alegre.  Desde então, diversas cidades no Rio Grande do Sul aderiram ao movimento. Em 2009, pela primeira vez o evento foi realizado simultaneamente em quatro capitais. Diversos outros países também realizam o evento, que é chamado de “Free Tax Day”.

_________________________________________

Abaixo, a programação nas respectivas cidades:

São Paulo:

Avenida Sumaré, travessa da Rua Dr. Franco Rocha, 664, Sumaré

Posto Ipiranga, Centro Automotivo Portal das Perdizes.

Horário: Abastecimento a partir das 9:30h, por ordem de chegada.

Pagamento: Apenas dinheiro.

Observação: Para dar oportunidade para mais pessoas, cada veículo poderá colocar no máximo 30 litros.

 

Rio de Janeiro:

Horário: 11:00 – 14:00 (senhas distribuídas a partir das 10h30)

Local: Posto ALE, Rua General Góes Monteiro, 159 (em frente ao Canecão), Botafogo-RJ

Porto Alegre:

Horário: a partir das 10h

Local: Posto Firense (Rua Santana 345)

Caxias (RS):

Horário: 9h às 12h

Local: Posto Cidadão Caxias, Rua 13 de maio, 1004 (bairro Lourdes)

 

Belo Horizonte:

Horário: 8:00 às 14:00

Local: Posto Albatroz – Av. Afonso Pena, 2122, esquina com Av. Brasil

 

Manaus:

Horário: 8:30 – 11:30

Local: Posto Shell da MS Casa – Av. Djalma Batista

 

Brasília:

Horário: 07:00 – 10:00

Local: Posto Jarjour (206 norte)

Florianópolis

Horário: a partir das 8h

Local: Posto Nienkötter, Avenida Ivo Silveira

 

Santa Rosa do Sul (SC)

Horário: 9:00 – 12:00

Local: Posto Passo, avenida Damásio Peres

Lages

Horário: a partir das 9h

Local: Posto Raid II, Avenida Dom Pedro II

Blumenau

Horário: a partir das 8:30h

Local: Posto RG, Rua Pedro Zimmermann, Itoupava Central

Joinville

Horário: a partir das 9h

Local: Posto Amin, Rua Visconde Tauney

 

Espírito Santo:

Cidade: Vitória

Horário: 08:00 – 12:00

Local: Posto Monza (próximo a 3ª Ponte)

 

Cidade: Colatina

Horário: 08:00 – 12:00

Local: Av. Silvio Avidos, 815

 

Cidade: Linhares

Horário: 08:00 – 12:00

Local: Posto Ouro Negro

 

Ainda em São Paulo, haverá outro evento, organizado pelo partido Libertários, contra os impostos.  O ato ocorrerá em frente ao impostômetro da rua Boa Vista, das 12:30 às 15:30.