Nota sobre a alteração de nome

3
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

imageO leitor já deve ter percebido a mudança de nome no site do instituto, na página no facebook e em nossos canais na internet.

Seguindo com nossa missão de divulgar as ideias da Escola Austríaca e as ideias de liberdade o instituto quer evitar a confusão causada pelo seu ex-presidente Helio Beltrão que insiste em manter uma marca que não lhe pertence.

Achamos por bem, enquanto ele permanece com essa postura infantil e deletéria, a troca de nome para evitar que o público se perca nessa confusão.

O instituto permanece um fiel divulgador da corrente austríaca e libertária, onde o leitor pode encontrar o melhor conteúdo, sem que haja nenhuma ingerência e escolhas políticas e tíbias em nossa linha editorial.

O instituto também não se arvora em projetos universitários que tenham desvirtuações profundas da teoria austríaca como os apresentados pelo ex-presidente em sua nova jornada e que busca usar o nome do Instituto Mises para iludir o público.

É importante notar que a mudança de nome pode ou não ser definitiva mas percebemos, ao longo do tempo, que o estrago feito ao nome do instituto pela figura de seu ex-presidente foi o pior possível.

O público percebe o Instituto Mises Brasil como um instituto plural – no pior sentido da palavra – e ligado a atividades políticas, e isso é exatamente o oposto do que o instituto é.

Devido a essa destruição da marca seguiremos com o nome do fundador do Mises Institute, Murray Rothbard, que representa o radicalismo nas ideias e o obstinado combate pela liberdade.

3 COMENTÁRIOS

  1. Curiosamente, no último mês tenho me deleitado com o livro de Rothbard sobre educação! Desejo boa sorte aos libertários e que o IHB devolva o domínio + Facebook a seus devidos mantenedores. Coloco-me à disposição para contribuir com revisão e/ou tradução (do inglês) voluntariamente (sem a pretensão de ser alguém associado ao nome do instituto ou que ostenta o rótulo de austríaco).