O efeito placebo das máscaras

2
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

ENORME SURTO DE ESTUPIDEZ GENERALIZADA, COM AS MASSAS APAVORADAS USANDO MÁSCARAS INEFICAZES PARA ALIVIAR SUA ANSIEDADE INDUZIDA DE COVID-19.

Autoridades De Saúde Admitem Que As Máscaras Não Impedem A Infecciosidade, Mas As Massas Temerosas Precisam De Algo Para Lidar Com A Ansiedade Pública. Até O New England Journal Of Medicine Admite A Futilidade De Usar Máscaras Para Proteger Contra O Coronavírus COVID-19.

O que é desesperadamente necessário são máscaras que viessem com um borrifador de valium para facilitar a administração contínua de aerossóis de medicamentos anti-ansiedade diretamente nos pulmões. A ansiedade do público em relação a uma ameaça artificial de um coronavírus mutado faz com que as massas ajam como ovelhas assustadas.

Você quer dizer que máscaras não vão me proteger contra o temido coronavírus COVID-19? Resposta: Elas não irão.

Você quer dizer que máscaras não me impedem de espalhar a infecção para outras pessoas? Resposta: Não.

Aqui estão citações diretas do relatório de 1 de abril de 2020 do New England Journal of Medicine sobre o uso universal de máscaras para proteger contra a transmissão do coronavírus COVID-19:

“Sabemos que usar uma máscara fora dos centros de saúde oferece pouca ou nenhuma proteção contra infecções …

“A chance de pegar o Covid-19 de uma interação passageira em um espaço público é… mínima….

“… Durante o atendimento de um paciente com Covid-19 não reconhecido…. Porém, uma máscara sozinha nesse cenário reduzirá levemente o risco, já que não fornece proteção contra gotículas que podem entrar nos olhos ou de fomites sobre o paciente ou no ambiente que os prestadores de serviços podem pegar nas mãos e transportar para as membranas mucosas (particularmente devido à preocupação de que os usuários de máscaras possam ter uma tendência maior a tocar seus rostos) …

“… Máscaras universais por si só não são uma panaceia….

“A extensão do benefício marginal do mascaramento universal além dessas medidas fundamentais é discutível….

“A maior contribuição dos protocolos de mascaramento expandidos pode ser reduzir a transmissão da ansiedade”.

Na verdade, usando máscaras, você pode atrasar outras pessoas no desenvolvimento de anticorpos de memória para proteção duradoura contra a infecção viral, para que nossa sociedade possa voltar ao normal.

A escassez prevista de alimentos devido a funcionários do ramo não comparecer ao trabalho por medo e ao fechamento de restaurantes reduzir a demanda por alimentos, resultando no descarte de toneladas de alimentos, pode ser uma ameaça maior à vida humana do que o vírus.

A medicina moderna emitiu diretrizes absurdas em tentativas fracassadas ​​para controlar a disseminação do coronavírus COVID-19. Mas será que as massas estúpidas algum dia entenderão o que houve?

Pessoas que usam máscaras enquanto andam sozinhas na calçada ou dirigem sozinhas dentro de seus automóveis se tornaram exemplos de estupidez sem sentido. Com ninguém por perto, as massas ignorantes usam máscaras.

A mídia faz parecer que as máscaras são obrigatórias (por lei), mas, a menos que alguma lei tenha sido aprovada em uma legislatura, é apenas uma diretriz.

As autoridades de saúde agora admitem que medidas obrigatórias para impedir a propagação desse vírus mutante são apenas para proporcionar paz de espírito – as máscaras são apenas um alívio da ansiedade. Na falta de valium em massa ou prescrições de xanax para todos, as máscaras servirão. Mas imagine se houver uma falta de máscaras? O que as massas farão então?

A desinfecção de carrinhos de supermercado também é inútil. O CDC emitiu um boletim tardio, o vírus COVID-19 não é transmitido pelo contato com superfícies contaminadas. Os vírus nem estão vivos. Você não pode matá-los como bactérias. Eles se replicam apenas uma vez dentro de uma célula viva do seu corpo.

O que é necessário para a transmissão do vírus de outra pessoa infectada é a proximidade muito perto para facilitar a transmissão aérea do pulmão infectado para o não infectado. E mesmo assim, em pessoas saudáveis, a infecção deve ativar anticorpos e células T de memória para produzir imunidade duradoura. Até que isso aconteça, o público é alvo de um vírus que geralmente não produz nenhum sintoma. Hummm…

O que sugere que a medicina moderna está embromando o público é que a tuberculose, outra infecção pulmonar com sintomas semelhantes ao coronavírus COVID-19, é uma ameaça muito maior à vida, mas a medicina moderna nunca recomendou máscaras faciais para impedir sua propagação . Há uma agenda oculta.

Existem 13 milhões de potenciais disseminadores de TB andando pelo país com TB latente (adormecida) nos pulmões que podem entrar em erupção e infectar outras pessoas se o sistema imunológico falhar, como depois de ficar em um ambiente fechado e privado de vitamina D.

A tuberculose infecta 2 bilhões de pessoas no planeta e mata 1,3 milhão por ano. E o COVID-19 é muito menos transmissível que o sarampo, varíola e poliomielite. Por faixa etária, o COVID-19 é considerado apenas letal em pessoas com mais de 80 anos.

Não há evidências de que o coronavírus COVID-19 mate autonomamente. Pode ser apenas um vírus espectador.

Os países que têm uma taxa de 90% de uso de máscara não relatam nenhum declínio significativo nas mortes relacionadas ao COVID-19.

Os capangas do departamento de saúde pública estão por toda parte, fechando as empresas do país a ponto de leva-las a falência. Os restaurantes são onde os cidadãos passam aniversários, comemorações e feriados curtindo a vida. Não é de admirar que a ansiedade possa se desenvolver ao longo do tempo.

Parece que qualquer diretiva de saúde pública que não seja pedir ao público para enfiar a cabeça no vaso sanitário será cumprida.

 

 

Artigo original aqui.

2 COMENTÁRIOS

  1. Vivemos numa época e numa sociedade bombardeada, doutrinada pelo capitalismo e suas regras de consumo. Então, a quem interessaria o fechamento de estabelecimentos comercias e ao prejuízo ao emprego em massa e também na arrecadação de impostos pelos governos?