O maior evento de economia do Brasil em 2012

0
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

marcaPeter Schiff, Jeffrey Tucker, Walter Block, Philipp Bagus, Helio Beltrão, Ubiratan Iorio, Anthony Mueller e Fabio Barbieri estarão em São Paulo nos dias 12 e 13 de maio para a III Conferência de Escola Austríaca realizada pelo Instituto Ludwig von Mises Brasil.

Peter Schiff, investidor, autor e comentarista financeiro americano que ganhou fama internacional ao prever com grande precisão a crise de 2008, palestrará sobre o presente e o futuro da economia americana e suas implicações para a economia mundial.

O professor Walter Bock, “lenda viva” dentro do austro-libertarianismo, fará duas palestras: uma sobre libertarianismo, sindicalismo e discriminação, e a outra sobre monopólios, bens públicos, externalidades e a inexistência de falhas de mercado.

Jeffrey Tucker, o mais eloquente defensor do livre mercado da atualidade, fará igualmente duas palestras: uma sobre a questão da propriedade intelectual e a outra sobre a liberdade na era digital.

Philipp Bagus, talvez o maior especialista sobre o sistema do euro, falará sobre tudo o que está acontecendo na Europa, como toda a encrenca começou, o que poderá ocorrer em breve e como tudo tende a terminar.

O professor Fabio Barbieri abordará a crítica de Mises ao sistema intervencionista complementando a tese misesiana sobre a instabilidade do intervencionismo com as ideias de Ikeda, que incorpora ideias hayekianas para formular uma teoria de ciclos intervencionistas. Incorpora-se, em especial, discussões sobre a ideologia intervencionista e seu papel no ciclo.

O presidente do IMB Helio Beltrão falará sobre o sistema financeiro brasileiro, o Banco Central, o monopólio da moeda e todos os efeitos (quase nunca discutidos) deste arranjo sobre nossas vidas.

O professor Ubiratan Iorio explicará por que keynesianos e monetaristas, ao ignorarem por completo a questão do tempo, fazem com que suas análises econômicas sejam completamente ilógicas.

O também professor Antony Mueller discutirá um dos assuntos mais prementes do atual momento brasileiro: o capitalismo de estado, arranjo em que o mercado é suprimido e os burocratas do governo decidem quem serão os vencedores e quem serão os perdedores.  E tudo com o nosso dinheiro.

Por fim, o professor José Manuel Moreira, de Portugal, esclarecerá a genuína distinção entre conservadorismo, liberalismo e socialismo.

Com a recente crise mundial de 2008, a Escola Austríaca ganhou atenção mundial, pois não apenas foi a única a apresentar uma explicação completa e consistente sobre as causas da crise, como também foi a única a prevê-la com anos de antecedência.  Enquanto todas as outras escolas de pensamento econômico seguem fracassando fragorosamente em apresentar qualquer explicação coerente, lógica e convincente não apenas para a atual crise econômica, como também para todas as outras crises econômicas já ocorridas, a Escola Austríaca vem acertando há mais 100 anos — e não poderia ser diferente, dado que se trata de uma ciência apriorística, cujas proposições são verdades irrefutáveis.  Não é à toa que a EA é a escola de pensamento econômico que mais cresce em todo o mundo (ao passo que as outras, embora ainda dominantes, seguem definhando).

E é neste momento em que os olhos do mundo inteiro estão em busca de explicações sólidas para os atuais fenômenos econômicos, que a Conferência de Escola Austríaca ganha ainda mais notoriedade.  Após o enorme sucesso de suas duas conferências anteriores, o IMB fará sua terceira conferência com a certeza de que esta será a melhor e mais completa de todas.

Um evento indispensável para todos que buscam aprimorar seus conhecimentos acerca dos acontecimentos mundiais.  Garanta já a sua vaga!