Protestos e revoltas contra restrições Covid em todo o mundo

0
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

À medida que os prazos para as vacinas obrigatórias se aproximam e mais lockdowns chegam a muitos países do mundo, as pessoas saem às ruas em protesto. Normalmente, a mídia local negligencia o relato sobre isso ou os caracteriza indevidamente como coisa da “direita” ou dos “anti-vacina”. É provável que a maioria das pessoas que obtém suas notícias apenas da TV convencional ou dos grandes jornais não saiba nada sobre o que está acontecendo.

Os vídeos abaixo, cuidadosamente narrados por nosso amigo Aaron Ginn, documentam o que a mídia negligenciou, embora este seja o maior movimento de protesto global ocorrido em décadas. Lembre-se de que esta é apenas uma filmagem de lugares selecionados da última semana. Muitos mais não aparecem aqui e esses protestos vêm crescendo há mais de um ano.

Esses vídeos indicam a chegada de um momento decisivo. Os governos podem continuar a pressionar esses lockdowns e decretos contra todas as evidências científicas e o bem da saúde pública ou podem ouvir as dores e a raiva de seu próprio povo.

Genova, Itália

Tbilisi, Geórgia

Londres, Inglaterra

Vancouver, Canadá

Melbourne, Austrália

Irlanda do Norte

Suíça

Viena, Áustria

Linz, Áustria

Nova Zelândia

Budapeste, Hungria

Cidade de Nova York

Croácia

Os Países Baixos

Toronto Canadá

Dinamarca

Oslo, Noruega

Finlândia

Manchester, Inglaterra

Milão, Itália

Roma, Itália

Torino, Itália

Nápoles, Itália

Florença, Itália

Perth, Austrália

Brisbane, Austrália

Paris, França

Nice, França

Montpellier, França

Guadalupe, Caribe

Grécia

Praga, República Tcheca

Eslováquia

Alemanha

Irã

Espanha

Oregon, EUA

Colômbia

 

 

…. continua