VITÓRIA: Menina de 8 anos derrota a obrigatoriedade de máscara nas escolas

0
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O distrito escolar do condado de Palm Beach encerrou o decreto da máscara poucos dias depois que uma garota da segunda série disse aos funcionários do conselho escolar que eles deveriam apodrecer na prisão por obrigar as crianças a usar máscara contra sua vontade.

Conforme relatamos na semana passada, Fiona Lashells, de 8 anos, de Tampa Bay, foi suspensa quase 40 vezes por se recusar a cumprir a ordem, que a escola manteve em vigor apesar do fim do decreto de máscara estadual no fim em julho.

Em um vídeo viral, Fiona disse ao conselho que “suas regras são uma merda”, acrescentando “Espero que todos vocês vão para a cadeia por fazerem isso comigo”.

“Só porque fui suspensa por não usar máscara, não vai mudar minha mente. Você pode continuar me suspendendo, eu ainda tenho o direito de não usar máscara”, a garota insistiu.

Depois de embarcar “em uma missão para resgatar, não apenas seus direitos, mas os direitos constitucionais de todas as crianças americanas do conselho escolar tirano”, de acordo com sua mãe, Fiona obteve uma vitória quando o distrito disse aos pais que “a máscara será opcional na segunda-feira.”

“Com base em um novo desenvolvimento em nível estadual, o Distrito Escolar mudará para um status de opcional as máscaras para alunos em todas as séries”, anunciou o distrito.

Em comentários ao Palm Beach Post, Fiona disse que está feliz por estar de volta à escola, onde, de acordo com o distrito, 10% dos alunos já optaram por não usar máscaras.

“Ela tem sido tão inflexível que quer ter certeza de que todos podem voltar para a escola e ter uma escolha”, disse sua mãe ao Post.

E agora eles têm.

 

 

Artigo original aqui