Até o governo admite que as vacinas AUMENTAM o risco de morte por Covid

2

As pessoas vacinadas agora são mais propensas a serem hospitalizadas ou morrerem de Covid, mesmo depois de ajustar os dados ao fato de serem mais velhas do que as não vacinadas, de acordo com estimativas oficiais do governo da província canadense de Manitoba.

Em maio, o mês mais recente para o qual os números estão disponíveis, apenas 9% das mortes por Covid e 14% das internações hospitalares em Manitoba ocorreram entre pessoas não vacinadas, embora sejam 17% da população.

Manitoba, que tem cerca de 1,4 milhão de habitantes, também fornece números ajustados ao fato de que as pessoas vacinadas e reforçadas tendem a ser mais velhas.

Eles mostram que, em maio, as pessoas vacinadas, mas sem doses de reforço, tinham cerca de 50% mais chances de serem hospitalizadas ou morrerem de Covid do que as pessoas não vacinadas. As pessoas que receberam reforços tiveram aproximadamente o mesmo risco de hospitalização ou morte que os não vacinados.

(Vermelho não vacinado, verde vacinado, azul reforçado. Viu como a barra verde é mais alta? Isso significa que as pessoas vacinadas têm maior probabilidade de morrer de Covid. Fora isso, está tudo bem.)

FONTE

Esses números e estimativas diferem marcadamente daqueles que os Centros de Controle de Doenças forneceram para as mortes americanas por Covid. Mas é provável que sejam muito mais precisos. Hospitais e autoridades de saúde americanas classificam as mortes e hospitalizações por Covid como ocorrendo em não vacinados até prova em contrário.

Os países com seguro nacional de saúde podem comparar seus registros de vacinação com mais facilidade contra internações e mortes hospitalares, e mostraram consistentemente porcentagens muito mais altas de mortes por Covid em pessoas vacinadas.

Ainda assim, os dados de Manitoba parecem marcar a primeira vez que qualquer agência governamental realmente encontrou um risco maior de morte em pessoas vacinadas.

 

 

Artigo original aqui

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.