O esquema de testes COVID forjou o homem mais rico da China

2
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O complexo industrial de testes de COVID está arrecadando centenas de bilhões de dólares em receita global e ajudou um empresário chinês a aumentar exponencialmente sua riqueza ao longo do ano passado, a ponto de se tornar a pessoa mais rica de toda a Ásia.

Dê um passo para o lado, Jack Ma. Há um novo homem na China no topo da lista dos mais ricos.

Com um patrimônio líquido estimado atualmente em cerca de US$ 85 bilhões, Zhong Shanshan se tornou a 6ª pessoa mais rica do mundo e a pessoa mais rica da Ásia. Como esse homem passou a competir com nomes como Mark Zuckerberg, Warren Buffett, os fundadores do Google Sergey Brin e Larry Page, e Larry Ellison da Oracle?

A riqueza de Zhong vem de dois lugares: a indústria de testes e vacinas COVID-19 e o engarrafamento de água.

Ele possui 75% de participação acionária na Beijing Wantai Biological Pharmacy Enterprise (comumente referida como Wantai), que tem uma capitalização de mercado de cerca de US$ 10 bilhões, junto com 84,4% da empresa de engarrafamento de água Nongfu Spring (que está sob a égide de um empresa farmacêutica de propriedade do Sr. Zhang) tem uma capitalização de mercado de US$ 50 bilhões. Ambas as empresas tiveram IPOs incrivelmente bem-sucedidos este ano nos mercados chineses, e suas avaliações explodiram para cima.

As ações da Wantai subiram quase 2.000% na Bolsa de Valores de Xangai desde que entraram no mercado em 30 de abril de 2020.

Wantai, a gigante farmacêutica chinesa, se alavancou com sucesso na histeria COVID-19 e, ao fazer isso, arrecadou bilhões de dólares com a exportação de seus testes COVID-19 e outros serviços.

A empresa farmacêutica teve um sucesso incrível em colocar seus produtos no mercado. Confira este infográfico da Wantai para ter uma ideia de sua rede de distribuição.

Os Estados Unidos não são exceção. O FDA emitiu autorização de uso de emergência para vários testes de diagnóstico COVID-19 criados pela Wantai e testes de anticorpos. A Wantai é uma das dez empresas chinesas que recebeu essa autorização de emergência do FDA para testes COVID nos Estados Unidos. Em novembro, a Wantai se gabou de ter analisado mais de 10 milhões de testes COVID-19. Só isso pode chegar a um custo estimado de US$ 1,29 bilhão, dado que o teste COVID-19 médio custa cerca de US$ 129.

Mais de 10 milhões de testes depois, você deve estar se perguntando se o produto Wantai é útil. Os dados não parecem promissores, para dizer o mínimo.

O teste Wantai PCR COVID diagnostica alguém como COVID-19 positivo se o teste detectar amostras em um limite de até 40 ciclos, o que o coloca firmemente na categoria de teste de lixo. Não há nenhum benefício nesse teste, porque a taxa de sensibilidade é tão alta que o resultado é inútil. Um limiar de ciclo de 40 torna virtualmente impossível determinar se alguém realmente tem COVID-19 e só criará uma epidemia de falsos positivos (chamamos de pandemia de casos). A Wantai, no entanto, está longe de ser a única empresa de testes que está enviando testes imprestáveis. Na verdade, a maioria dos testes de PCR do COVID-19 são testes imprestáveis, mas a Wantai fica no topo dos testes imprestáveis, dado seu limite de ciclo incrivelmente alto.

Além de sua distribuição global no mercado de testes COVID-19, a Wantai de Zhong está competindo na área de vacinas COVID-19. A vacina COVID-19 da Wantai está atualmente passando por testes de fase 2.

Por razões desconhecidas, Zhong pediu demissão da Wantai na semana passada. O governo chinês lançou uma ofensiva e repressão contínua aos líderes empresariais que são vistos como uma ameaça à autoridade central do Partido Comunista. Vários bilionários chineses, incluindo o fundador do Alibaba, Jack Ma, não são vistos em público há meses.

A história de Zhong não é exclusiva da China. O caos e a desastrosa formulação de políticas em torno do COVID-19 não impactaram os bilionários dos EUA como Jeff Bezos, Mark Zuckerberg e Bill Gates. Praticamente todos os bilionários dos EUA viram um aumento em sua carteira financeira ao longo de 2020. Mas enquanto os homens mais ricos do mundo se tornam ainda mais ricos, centenas de milhões de pequenas e médias empresas em todo o mundo estão entrando em colapso sob o peso das fracassadas e contínuas medidas políticas draconianas.

 

Artigo original aqui.

2 COMENTÁRIOS