Ação Humana – Um Tratado de Economia

0

 

Tradução de Donald Stewart Jr.

Título original em inglês:
HUMAN ACTION:
A TREATISE ON ECONOMICS

 

 

 

 

 

 

 

 

PREFÁCIO À TERCEIRA EDIÇÃO
Introdução
Capítulo I. O agente homem
Capítulo II. Os problemas epistemológicos da ciência da ação humana
Capitulo III. A economia e a revolta contra a razão
Capitulo IV. Uma primeira análise da categoria ação
Capítulo V. O tempo
Capitulo VI. A incerteza
Capitulo VII. Ação no mundo
Capítulo VIII. A sociedade humana
Capitulo IX. O papel das ideias
Capitulo X. O intercâmbio na sociedade
Capítulo XI. Valoração em cálculo
Capítulo XII. O âmbito do cálculo econômico
Capítulo XIII. O cálculo econômico como um instrumento da ação
Capítulo XIV. Âmbito e metodologia da cataláxia
Capítulo XV. O mercado
Capítulo XVI. Os preços
Capítulo XVII. A troca indireta
Capítulo XVIII. A ação na passagem do tempo
Capítulo XIX. A taxa de juros
Capitulo XX. O juro, a expansão de crédito e o ciclo econômico
Capítulo XXI. Trabalho e salários
Capitulo XXII. Os fatores de produção originais de natureza não humana
Capítulo XXIII. A realidade do mercado
Capítulo XXIV. Harmonia e conflito de interesses
Capítulo XXV. A construção imaginária de uma sociedade socialista
Capítulo XXVI. A impossibilidade do cálculo econômico no sistema socialista
Capítulo XXVII. O governo e o mercado
Capitulo XXVIII. O intervencionismo via tributação
Capítulo XXIX. A restrição da produção
Capítulo XXX. A interferência na estrutura de preços
Capítulo XXXI. Manipulação da moeda e do crédito
Capitulo XXXII. Confisco e redistribuição
Capitulo XXXIII. Sindicalismo e corporativismo
Capitulo XXXIV. A economia de guerra
Capítulo XXXV. Estado provedor versus mercado
Capitulo XXXVI. A crise do intervencionismo
Capitulo XXXVII. O caráter peculiar da ciência econômica
Capítulo XXXVIII. A importância do estudo da economia
Capítulo XXXIX. A economia e os problemas essenciais da existência humana

 

Artigo anteriorPensar está se tornando algo obsoleto
Próximo artigoUm presente de Natal definitivo para a minha filha
Ludwig von Mises foi o reconhecido líder da Escola Austríaca de pensamento econômico, um prodigioso originador na teoria econômica e um autor prolífico. Os escritos e palestras de Mises abarcavam teoria econômica, história, epistemologia, governo e filosofia política. Suas contribuições à teoria econômica incluem elucidações importantes sobre a teoria quantitativa de moeda, a teoria dos ciclos econômicos, a integração da teoria monetária à teoria econômica geral, e uma demonstração de que o socialismo necessariamente é insustentável, pois é incapaz de resolver o problema do cálculo econômico. Mises foi o primeiro estudioso a reconhecer que a economia faz parte de uma ciência maior dentro da ação humana, uma ciência que Mises chamou de 'praxeologia'.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.